Barradas nos EUA, celebridades brasileiras buscam escritórios advocatícios

Advogada de imigração afirma ter aumentado a procura por orientação especializada. Em 2017, disparou o número de apresentações, shows e eventos vindos do Brasil.

Miami-FL – Dona da maior comunidade brasileira imigrante residente nos EUA, a Flórida, segundo o Censo americano, passou sobretudo em 2017, a ser um dos principais destinos de atrações culturais, shows, apresentações de dança promovidas por artistas e celebridades brasileiras na terra do tio Sam. Esse aumento levou a comunidade artística do Brasil a ter que lidar com questões imigratórias para ter sucesso junto a esse grande público brasileiro.

O recente episódio do adiamento da turnê da cantora Cláudia Leitte nos Estados Unidos ou o cancelamento do visto da dançarina Brasileira, Maria Júlia Damásio Passos – Maju, ambos ocorridos este ano, mostram que o departamento de imigração americano está atento, sobretudo na gestão Trump, à rotina de exportação cultural do Brasil para os EUA, é o que revela a advogada das celebridades brasileiras em Miami-FL, Renata Castro.

Advogada de Imigração – Renata Castro by Onevox Solutions

“Em quase um ano de gestão, o governo Trump tem endurecido algumas normas e procedimentos para autorização de entrada aqui nos Estados Unidos. Em outras palavras, está mais burocrático entrar, ainda mais para esta modalidade de visto que não é permanente e precisa assegurar a entrada, não apenas para o cantor ou artista, mas para todo o staff que, via de regra, acompanha”, explica a advogada Renata Castro.

A advogada pondera que os vistos são concedidos com base na intenção do que se pretende fazer no país. Casos recentes mostram celebridades que tentaram ingressar nos Estados Unidos para se apresentar e que tentaram ingressar com o visto de turista, o que é totalmente proibido pelas autoridades americanas, já que o visto de turista não te permite trabalhar em solo americano.

CELEBRIDADES IMIGRANTES

O Castro Legal Group, escritório de Renata, que fica próximo a Miami-FL, registrou, segundo levantamento interno, um aumento de 40% no número de clientes ‘famosos’ que passaram a buscar apoio não apenas para vistos temporários mas também para imigrar para os Estados Unidos. As cidades da Flórida, são, em geral, as mais procuradas por celebridades brasileiras que querem morar nos EUA.

“A repercussão de que algumas celebridades brasileiras têm casas ou até mesmo moram aqui em Miami, Orlando, Boca Raton, entre outras cidades, tem feito da Flórida o destino preferido dos famosos. Para além do suporte e orientação dos produtores culturais e artistas, nosso escritório também registrou um número maior de notáveis do Brasil que querem de fato imigrar para cá”, afirma Renata Castro.

VISTO PARA FAMOSOS

Segundo a advogada, para imigração permanente, os Estados Unidos oferecem vistos específicos para pessoas que detenham altas habilidades ou um excelente nível de carreira em qualquer área. O famoso visto H1b Muitos desconhecem que podem receber diretamente o green card, que é o tão sonhado documento de residência legal nos EUA, mesmo sem oferta de trabalho. O green card por habilidades extraordinárias, ou EB-1A, deve ser considerado para artistas e indivíduos de alta projeção no cenário nacional e mundial – special abilities, é uma prova disso. “Estudamos cada caso para verificar quais evidências são necessárias para comprovar uma carreira de sucesso, é um caminho certo para o green card”, pondera Renata Castro.

Share This Article On:

21 Responses

  1. … [Trackback]

    […] Here you can find 89410 additional Information to that Topic: onevoxpress.com/2017/11/13/barradas-nos-eua-celebridades-brasileiras-buscam-escritorios-advocaticios/ […]

  2. … [Trackback]

    […] Info on that Topic: onevoxpress.com/2017/11/13/barradas-nos-eua-celebridades-brasileiras-buscam-escritorios-advocaticios/ […]

  3. … [Trackback]

    […] Find More Information here to that Topic: onevoxpress.com/2017/11/13/barradas-nos-eua-celebridades-brasileiras-buscam-escritorios-advocaticios/ […]

  4. … [Trackback]

    […] Info to that Topic: onevoxpress.com/2017/11/13/barradas-nos-eua-celebridades-brasileiras-buscam-escritorios-advocaticios/ […]

  5. … [Trackback]

    […] Find More Information here on that Topic: onevoxpress.com/2017/11/13/barradas-nos-eua-celebridades-brasileiras-buscam-escritorios-advocaticios/ […]

  6. … [Trackback]

    […] Here you will find 10100 more Info on that Topic: onevoxpress.com/2017/11/13/barradas-nos-eua-celebridades-brasileiras-buscam-escritorios-advocaticios/ […]

  7. … [Trackback]

    […] Find More to that Topic: onevoxpress.com/2017/11/13/barradas-nos-eua-celebridades-brasileiras-buscam-escritorios-advocaticios/ […]

  8. … [Trackback]

    […] Read More to that Topic: onevoxpress.com/2017/11/13/barradas-nos-eua-celebridades-brasileiras-buscam-escritorios-advocaticios/ […]

  9. … [Trackback]

    […] Read More to that Topic: onevoxpress.com/2017/11/13/barradas-nos-eua-celebridades-brasileiras-buscam-escritorios-advocaticios/ […]

  10. … [Trackback]

    […] Here you can find 70709 additional Info on that Topic: onevoxpress.com/2017/11/13/barradas-nos-eua-celebridades-brasileiras-buscam-escritorios-advocaticios/ […]

  11. … [Trackback]

    […] Here you will find 16373 more Info to that Topic: onevoxpress.com/2017/11/13/barradas-nos-eua-celebridades-brasileiras-buscam-escritorios-advocaticios/ […]

  12. … [Trackback]

    […] Find More Info here to that Topic: onevoxpress.com/2017/11/13/barradas-nos-eua-celebridades-brasileiras-buscam-escritorios-advocaticios/ […]

  13. … [Trackback]

    […] Read More to that Topic: onevoxpress.com/2017/11/13/barradas-nos-eua-celebridades-brasileiras-buscam-escritorios-advocaticios/ […]

  14. … [Trackback]

    […] Read More Information here on that Topic: onevoxpress.com/2017/11/13/barradas-nos-eua-celebridades-brasileiras-buscam-escritorios-advocaticios/ […]

  15. … [Trackback]

    […] Info on that Topic: onevoxpress.com/2017/11/13/barradas-nos-eua-celebridades-brasileiras-buscam-escritorios-advocaticios/ […]

Comments are closed.